Expedição CoBiG² 2010 #3

Rumando mais a norte, ainda em território Espanhol, encontrámos um dos nossos maiores objectivos desta viagem. Uma borboleta nocturna inexistente em Portugal, a Graellsia isabellae.
Durante mais um pitstop para abastecimento de água, fomos vasculhar os recantos de uma estação de serviço. Nas costas de um local de lavagem de carros, de difícil acesso, lá estava ela, totalmente molhada e a mexer. Ouviu-se "Está viva, está viva...".

Entretanto aparece a senhora da Bomba (calculo que pensando "Mas que raio estes gajos estão para aqui a inventar"). Lá lhe demos a volta e conseguimos apanhar a borboleta.
Para infelicidade nossa, os movimentos do bicho eram larvas dentro do seu corpo. O objectivo voltou a ficar incompleto. Permitiu ainda assim, retratar o promenor das asas desta rainha nocturna.
Já em território Francês, fomos surpreendidos com um coaxar ensurdecedor, vindo de uma propriedade próxima do local para dormir. Curiosos pelo coaxar desconhecido lá fomos à descoberta e à molha! Chegados à origem do som, deparámo-nos com tamanho festival... (ver vídeo)

video

Dentro de um pequeno charco de aproximadamente 5 por 5 metros, estavam muitas dezenas de Pelophylax ridibundus em pleno frenesim de acasalamento. Na Península Ibérica não temos esta espécie.
Voltámos contentes da vida e encharcados que nem uns pintos.

Continua...

Sem comentários: